Equipe de natação paralímpica brasileira segue retida em Quito

Equipe de natação paralímpica brasileira segue retida em Quito

A equipe de natação paralímpica de Indaiatuba (SP), que está tentando retornar do Equador para o Brasil, desde o dia 14 de março, deve regressar na próxima terça-feira (31). A embaixada brasileira, em Quito, anunciou, nesse sábado (28), que um vôo de repatriação com 160 pessoas residentes no Brasil, vai sair de Quito em direção a Guarulhos, em São Paulo. E nesse grupo estão incluídos os nove atletas e o treinador, todos retidos no país sul-americano, devido ás medidas de segurança em meio a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“Estamos ansiosos para voltar, como todo dia passava uma data(de retorno) e não nunca deu certo, acho que agora é a mais concreta.” – disse Raquel Viel, nadadora da classe S12 (para deficientes visuais).

O treinador Antônio Luiz Duarte faz questão de tranquilizar os familiares e diz que estão recebendo o apoio da Prefeitura de Indaiatuba e do Comitê Olímpico Brasileiro, além de amigos e do Consul de Cuenca.

“Estamos bem dentro do possível. E que todos os brasileiros que estão na mesma situação que nós, possam regressar ao país para cumprir a quarentena em suas casas, com o conforto do lar. Ao sabermos da data sentimos um alívio e nos prepararemos para o regresso, obedecendo as normas preestabelecidas pela equipe médica.”

Os nadadores foram para o Equador realizar treinamentos na altitude, visando o Open de Natação Paralímpica, que serve como seletiva para os Jogos Paralímpicos de Tóquio. O planejamento inicial era ficar em Cuenca entre 3 e 21 de março, porém, no dia 13, o grupo recebeu a decisão sobre o cancelamento da competição, que ocorreria entre 26 e 28 deste mês. 

Em função da mudança de calendário, a equipe tentou voltar ao Brasil no dia 14, mas o aeroporto de Cuenca havia sido fechado em função da pandemia do novo coronavírus. No dia 21 seguiram para a capital equatoriana, onde acreditavam que teriam mais opções de vôo. Embarcaram em um ônibus, percorreram aproximadamente 450KM em uma estrada sinuosa e com chuva. O grupo de 5 homens e 4 mulheres, além do treinador, estão acomodados em um hotel, divididos em quartos duplos e triplos.

“No começo foi um pouco mais complicado, a gente chegou em um hotel, no centro de Quito, um lugar que tem muito barulho e muito perigoso. Tentamos mudar de hotel, mas aqui está tudo fechado. Este hotel só está aberto porque tem a nossa equipe e mais um brasileiro, aí ficou difícil de trocar. No início tivemos que improvisar um lugar para fazer comida, o hotel não tem restaurante. O meu técnico (Antônio Luiz Duarte) sai todos os dias cedinho para comprar comida e ele cozinha para gente, todos nós ajudamos. Aqui tem toque de recolher a partir de 14 horas.”

Com a exceção do treinador, que precisa sair do hotel para atividades essenciais, ninguém vai para rua. Na condição de atletas, explica como estão organizando a rotina para manter a preparação para competições.

“Neste momento, a preocupação é com a saúde mental. Estão fazendo yoga pela manhã e circuito a tarde, obedecendo a disposição do dia. Oscilações de humor, preocupação e saudade são os determinantes na escolha deles em fazer atividade ou não. Após cumprirmos a quarentena e termos as datas definidas, a comissão quebrará a cabeça para ver como planejar o treinamento.”

Raquel Viel engrossa coro com o treinador, ela também entende que o fator psiclógico é o mais sensível.

“Acho que é a parte mais difícil mesmo, a parte psicológica, a ansiedade. Todo mundo querendo estar em casa, perto da família. Nós somos uma equipe muito unida, desde os treinamentos , desde sempre. Todos são muito amigos e estamos passando por isso juntos.”

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2020-03/equipe-de-natacao-paralimpica-brasileira-segue-retida-em-quito

Mega-Sena sorteará hoje prêmio de R$ 2,5 milhões

O sorteio da Mega-Sena, concurso 2247, será realizado hoje. Quem acertar as seis dezenas receberá R$ 2,5 milhões. 

As informações são do site da Caixa Econômica Federal. O valor da aposta mínima é de R$ 4,50. 

As apostas serão encerradas às 19 horas. O resultado sairá depois das 20 horas.  

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2020-03/mega-sena-sorteara-hoje-premio-de-r-25-milhoes

Professores do Rio usam as redes sociais para compartilhar aulas

No dia seguinte que soube da hashtag #ComparilheUmaAula, o professor de matemática Deivison de Albuquerque estava com um vídeo no Facebook compartilhando uma aula sobre Teorema de Tales, voltada para os alunos do 9º ano, que estão com as aulas suspensas. A ideia da hashtag é da 6.ª Coordenadoria Regional de Educação do Município do Rio de Janeiro. O objetivo é disponibilizar, na rede social, atividades escolares para que os alunos não percam o ritmo de estudos.

“A minha área, matemática, requer uma certa constância de estudos. Estamos em um momento complicado, que não sabemos quando retornaremos às aulas regulares. É muito importante manter os estudos, procurar videoaulas, para não ficar zerado”, diz o professor da Escola Municipal Alberto José Sampaio, na Pavuna, na zona norte do Rio.

O professor conta que recebeu mensagens não apenas dos próprios alunos, mas de estudantes de outras escolas que estavam em busca de atividades. Ele pretende continuar com os vídeos semanalmente. Segundo ele, a escola onde leciona passou a ter acesso a computadores apenas no ano passado, então, fazer exercícios online não é um hábito para a maioria dos estudantes.

“Acho que será bem novo para eles, eles precisam se acostumar. Por isso que videoaula na rede social acaba ajudando porque é algo que eles têm mais acesso. A rede social é mais acessível do que entrar na internet para procurar uma videoaula”, diz o professor.

Retorno dos pais

A professora 2º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Hildegardo de Noronha, em Anchieta, na zona norte do Rio, Camila Lima, também aderiu à hashtag e faz vídeos diários para os alunos.

“Eu alterno atividades de língua portuguesa e matemática. Explico de forma devagar o conteúdo para que a criança acompanhe. No final eu coloco uma atividade para eles reproduzirem no caderno”, diz. As aulas são compartilhadas também na página da escola e repassadas por mensagem para os pais, mães e responsáveis. “Eles dão um retorno muito bom. Retornam com fotos dos alunos estudando”, conta.

Camila diz que sabe que nem todas as crianças têm acesso à internet e que nem todos os pais têm disponibilidade para ajudá-las. Nessa etapa, as crianças têm, em média, 7 anos de idade. “Quando as aulas voltarem vamos fazer um apanhado de tudo que foi feito. Quando retornar à sala, de repente, vamos passar os vídeos de novo para que, quem não teve a oportunidade de ver, possa assistir”.

Os vídeos postados por professores com a hashtag estão sendo reunidos no Facebook na página da 6ª CRE na rede social

A professora do 1º ano do ensino fundamental Marianne Figueiredo é uma veterana das redes sociais. A página no Instagram Diário da Tia Mari tem mais de 45,4 mil seguidores. Ela leciona no Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) Dr. Adelino da Palma Carlos, na Praça Seca, na zona oeste do Rio de Janeiro. Desde a semana passada, ela compartilha aulas em vídeo pelo grupo de WhatsApp dos pais, mães e responsáveis. Esses vídeos ficam disponíveis também no Youtube.

“É no 1º ano [aos 6 anos de idade] que as crianças consolidam o processo de alfabetização. Compartilho vídeos relacionados a isso, áudios para os pais, com coisas que podem fazer em casa, orientando o que podem fazer com os recursos que têm”, diz.

A distância é novidade não apenas para os alunos, mas para os professores. “ A gente não se programou para isso, mas a gente vence a barreira da vergonha e faz como se estivesse conversando com as crianças. A minha proposta foi gravar vídeos, mas têm professores gravando áudios, outros que escrevem mensagens, cada um usa a ferramenta que pode neste momento”.

A volta às aulas, segundo Marianne, vai demandar “carinho, paciência, principalmente com os alunos que não tiveram acesso ao material. A gente sabe que nem todos têm acesso a 100% do material e que talvez essa proposta não supra a necessidade que a criança vai ter para consolidar esse conteúdo”. De acordo com a professora, a escola deverá, no retorno, fazer uma avaliação diagnóstica para traçar o perfil da turma e saber o que foi apreendido no tempo de suspensão das aulas presenciais.

As aulas estão suspensas no município desde o dia 16  para conter o avanço do novo coronavírus (covid-19).

Aplicativo

Para que os alunos continuem estudando, a Secretaria Municipal de Educação lançou o aplicativo SME CARIOCA 2020, que pode ser baixado em celulares e computadores. De acordo com a secretaria, o aplicativo foi acessado por quase 300 mil usuários. Além disso, de acordo com a SME, os professores estão mantendo contato permanente com os estudantes, ministrando aulas por redes sociais como Youtube, Whatsapp, Facebook, entre outros canais.

No Brasil, há suspensão de aulas em todos os estados. A medida não é exclusiva do país, no mundo, de acordo com os últimos dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que monitora os impactos da pandemia na educação, 156 países determinaram o fechamento de escolas e universidades, afetando 1,4 bilhão de crianças e jovens, o que corresponde a 82,5% de todos os estudantes no mundo.

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2020-03/professores-do-rio-usam-redes-sociais-para-compartilhar-aulas

Campanha de vacinação contra gripe começa hoje em todo o país

Começa nesta segunda-feira (23) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. De acordo com Ministério da Saúde, nesta primeira etapa os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. Mais duas etapas serão realizadas para públicos diferentes.

Ao todo, a campanha pode atingir cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos até o dia 22 de maio. Para alcançar esse público foram investidos R$ 1 bilhão na aquisição de 75 milhões de doses da vacina.

O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece em 9 de maio (sábado). Nessa data, os 41 mil postos de saúde ficarão abertos para atender a todos os grupos prioritários. Neste ano, a campanha foi antecipada de abril para março para reforçar a proteção aos públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe.

Novo coronavírus

A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus. No entanto, em virtude da pandemia de coronavírus, poderá auxiliar profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para o covid-19, já que os sintomas são parecidos.

Segundo o ministério, casos mais graves de infecção por coronavírus têm sido registrados pelo mundo em pessoas acima de 60 anos, grupo que corresponde a 20,8 milhões de pessoas no Brasil. Por isso, a primeira etapa da campanha contempla esse público.

Próximas etapas

A etapa seguinte da campanha terá início no dia 16 de abril, com o objetivo de vacinar doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança. A última fase, que começa no dia 9 de maio, dará prioridade a crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Até o momento, o Ministério da Saúde enviou aos estados 15 milhões de doses e mais 4 milhões serão distribuídas até o fimde março.

A vacina, composta por vírus inativado, é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-03/campanha-de-vacinacao-contra-gripe-comeca-hoje-em-todo-o-pais

Futebol do Brasil para completamente após suspensão de último estadual

Nesta sexta (20) o último estadual de futebol em ação no território brasileiro foi interrompido. O presidente da Federação Roraimense, José Gama Xaud, decidiu suspender o campeonato de seu estado por tempo indeterminado por conta do avanço do novo coronavírus (covid-19).

Segundo o presidente da Federação Roraimense, a suspensão acontece porque a “pandemia do coronavírus tem se alastrado por todo o mundo”. Isso levou à “necessidade momentânea de evitar aglomerações de pessoas”.

Desta forma o futebol brasileiro parou por completo, com a interrupção, nos últimos dias, de todos os estaduais e das competições nacionais, estas após decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2020-03/futebol-do-brasil-para-completamente-apos-suspensao-de-ultimo-estadual

Facebook vai conceder US$100 mi em dinheiro para pequenas empresas

O Facebook anunciou nesta terça-feira (17) que planeja conceder 100 milhões de dólares em doações em dinheiro e créditos de anúncios para até 30 mil pequenas empresas em mais de 30 países.

A maioria receberá subsídios em dinheiro e o Facebook divulgará mais detalhes em breve sobre como as empresas poderão solicitar a assistência. Procurada no Brasil, a empresa não informou a divisão de recursos entre os países.

A vice-presidente de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, disse nesta terça-feira que a ruptura econômica representa um risco grave para as pequenas empresas.

“Ouvimos pequenas empresas para entender como podemos ajudá-las da melhor maneira. Ouvimos alto e claro que o apoio financeiro pode permitir que as empresas mantenham as luzes acesas e paguem as pessoas que não podem trabalhar”, disse Sandberg, acrescentando que o Facebook também facilitará o treinamento e o suporte para pequenas empresas.

O Facebook disse que as empresas poderão usar dinheiro para pagar aluguel, cobrir custos operacionais ou exibir anúncios no Facebook.

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2020-03/facebook-vai-conceder-us100-mi-em-dinheiro-para-pequenas-empresas

Covid-19: BNDES e Petrobras promovem ações para prevenir contágio

A Petrobras e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), duas grandes estatais com sede no Rio de Janeiro, estão tomando medidas preventivas para evitar o contágio pelo Covid-19 entre seus funcionários.

O BNDES iniciou hoje (16) uma simulação de contingência, que vai durar a semana toda. Em comunicado aos funcionários emitido na quinta-feira (12) e disponibilizado para a imprensa, o banco informou que a simulação ocorrerá apenas no Edifício Sede, localizado na Avenida República do Chile, no centro do Rio de Janeiro.

O objetivo é “preparar o Banco, funcionários e suas famílias para possíveis impactos de eventual agravamento da pandemia do Coronavírus”. Foram canceladas todas as viagens nacionais e internacionais e os eventos na sede foram desmarcados até sexta-feira, bem como as visitas de trabalho e participação em eventos externos.

O BNDES vai manter uma equipe de contingência de 400 funcionários trabalhando em regime de home office, “executando os processos críticos do Banco”. Na terça e quarta-feira, outros 1.100 empregados passam a executar suas atividades de casa. E na quinta e sexta-feira, todos os 2.200 empregados passam ao home office orientados pelas chefias, além dos 400 da equipe de contingência.

A orientação do banco inclui que todos os empregados acima de 60 anos, gestantes ou com situação de risco para o Coronavírus deve executar suas atividades de casa durante toda a semana. Os estagiários e menores aprendizes foram liberados por todo o período de simulação.

O BNDES orientou também que os funcionários devem “permanecer em suas residências à disposição da instituição” e que os empregados e familiares que apresentaram algum dos sintomas do Covid-19 devem procurar um médico da Fundação de Assistência e Previdência Social do BNDES.

Petrobras

A Petrobras suspendeu todas as viagens para o exterior, inclusive os treinamentos programados. No território nacional, estão mantidas apenas as viagens prioritárias, para compromissos que não possam ser atendidos por chamada de vídeo ou telefone.

Segundo a empresa, a temperatura dos funcionários está sendo medida no embarque em todos os aeroportos de onde saem voos para as unidades offshore. Quanto a pessoas que retornam do exterior, a trabalho ou de férias, essas devem ficar em home office por sete dias, o que é ampliado para 14 dias caso a viagem tenha sido para países com alto risco de contágio.

A Petrobras também colocou em teletrabalho as pessoas do grupo de risco, como os maiores de 65 anos, quem tenha doença pulmonar obstrutiva crônica, baixa imunidade, insuficiência renal crônica ou tenha feito transplante de órgãos. Nas cidades que tiveram aulas suspensas, os pais e mães de crianças em idade escolar também poderão fazer home office, em acordo com as chefias.

Além disso, a companhia suspendeu temporariamente os eventos e reuniões presenciais com mais de 20 pessoas, incluindo cursos de treinamento, e dará preferência a reuniões online.

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-03/covid-19-bndes-e-petrobras-promovem-acoes-para-prevenir-contagio

Covid-19: Senacon recomenda remarcação de passagem sem custo adicional

As pessoas que têm viagens turísticas marcadas para os próximos 60 dias, poderão remarcar passagens e hotéis sem custos adicionais. Essa é a recomendação da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, para as agências de turismo e companhias aéreas, em razão da pandemia do novo coronavírus.

O posicionamento divulgado neste sábado (14) leva em consideração a nota interministerial  publicada em conjunto com os ministérios do Turismo, da Economia e da Saúde.

“É importante destacar que a remarcação leve em conta fatores como destino, temporada e tarifas de passagens. O mesmo vale para hotéis e pacotes”, diz a nota da Senacon.

A recomendação leva em consideração a hipótese de caso fortuito ou força maior previsto no Código Civil (Artigo 393), no caso a pandemia de coronavírus. O dispositivo, junto com o Código de Defesa do Consumidor, pode ser alegado pelos consumidores em um processo de negociação pessoal ou intermediada pelos Procons e assistentes jurídicos.

“A Senacon entende que a caracterização de caso fortuito e força maior vale para destinos internacionais ou nacionais com comprovado índice de contágio do vírus, especialmente em casos de passageiros idosos ou outros grupos de risco e ainda nas situações em que governos decretaram pandemia, suspensão de espetáculos, aulas, entre outras medidas”, destacou a secretaria.

 

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2020-03/covid-19-senacon-recomenda-remarcacao-de-passagem-sem-custo-adicional

Via MP, governo libera R$ 5 bi para combate ao coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta sexta-feira (13) uma medida provisória (MP) que libera R$ 5 bilhões para combater a crise provocada pelo coronavírus (Covid-19). 

Dos R$ 5 bilhões, R$ 4,8 bilhões serão destinados ao Fundo Nacional de Saúde para ações coordenadas pelo Ministério da Saúde em parceria com os estados e municípios. Os hospitais universitários federais receberão R$ 204 milhões e R$ 57 milhões serão destinados para o Hospital de Clínicas de Porto Alegre, que funciona em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tanto a UFRGS quanto os hospitais universitários federais são vinculados ao Ministério da Educação.

A Fundação Oswaldo Cruz, um dos principais institutos de pesquisa em vacinas do Brasil, receberá R$ 20 milhões.

Os valores foram retirados de emendas individuais e coletivas ao Orçamento que estavam destinadas ao Fundo Nacional de Saúde, mas seriam liberadas para unidades indicadas pelos parlamentares. A medida faz parte do acordo com o Congresso em que deputados e senadores abriram mão de parte das despesas vinculadas às emendas parlamentares para ajudar a conter os efeitos da epidemia do Covid-19 no Brasil.

A edição da MP foi decidida em uma reunião de emergência entre os líderes partidários da Câmara e do Senado com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, além de outros ministros, incluindo o da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto na noite de quarta-feira (11). A liberação dos recursos foi garantida pelos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-03/fortalecimento-do-sistema-de-saude-e-debatido-na-camara 

* Com informações da Agência Câmara 

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2020-03/mp-governo-libera-r-5-bi-para-combate-ao-coronavirus

Copa do Brasil: Goiás supera Vasco por 1 a 0

Mesmo jogando no estádio de São Januário, o Vasco foi derrotado por 1 a 0 pelo Goiás, nesta quinta (12), na partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O único gol da partida saiu aos 43 minutos do primeiro tempo, quando Fábio Sanches aproveita bola que sobrou dentro da área para vencer o goleiro Fernando Miguel.

Com o resultado negativo, o jogo terminou em confusão nos minutos finais, com brigas nas arquibancadas do estádio de São Januário.

O jogo de volta está programado para a próxima quarta (18), no estádio Olímpico.

Todos os creditos desta materia são da Agencia Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2020-03/copa-do-brasil-goias-supera-vasco-por-1-0

× WhatsApp